Greve dos professores, buscando chamar a atenção para a violência vivenciada nas escolas

Sala de aula; Como encontrado em SAPO24

Em 24 de outubro de 2019, o Sindicato de Todos os Professores (S.TO.P) apresentou um aviso sobre uma greve que ocorrerá nas próximas duas semanas em que professores, funcionários, psicólogos escolares e técnicos estão cobertos para participar de um esforço para combater a violência e a impunidade que assolam as escolas em todo o país, de acordo com o SAPO24. O líder da S.TO.P, André Pestana, explicou, em entrevista à Lusa, que a greve atual tem um objetivo diferente da greve iniciada em 03 de outubro, na qual o sindicato tenta convencer o governo a remover amianto e material de amianto das escolas. Ele afirma que essa nova greve é ​​para ajudar a combater o surgimento de violência contra professores e outros trabalhadores escolares dos alunos. A violência é devida, segundo Pestana, à sensação de saturação vivenciada por quem trabalha na rede pública de ensino. Em um esforço para combater essa situação, o sindicato tentou entrar em contato com o ministério da educação, mas ainda não recebeu resposta. Até novo aviso, o sindicato continuará atacando o use de amianto nas escolas e a crescente violência que os professores enfrentam nas escolas.

Os eventos atuais que ocorrem em Portugal são desanimadores, mas há muitas perguntas e sem resposta e informações que este artigo não cobre. O artigo não fornece a voz dos professores e dos funcionários das escolas e não especifica quais áreas do país são mais afetadas por essa crescente violência. Além disso, com as greves em andamento, como os professores que decidem ficar na sala de aula ou não participam da greve lidam com a ausência de seus colegas de trabalho no sistema escolar? Parece que, enquanto isso, as pessoas esperam a resposta do Ministério da Educação.

Você pode ler o artigo completo aqui…

 

This entry was posted in Educação. Bookmark the permalink.

1 Response to Greve dos professores, buscando chamar a atenção para a violência vivenciada nas escolas

  1. Isaac Boruchowicz Boruchowicz says:

    É realmente chocante que em um país tão seguro como Portugal esteja tendo problemas com a violência nas escolas. Seria muito estranho e louco ouvir que um professor agrediu um aluno em um país como os EUA ou no meu país de origem, mas isso se for um problema constante, é algo que precisa ser corrigido. Sinto que uma greve é ​​muito apropriada e espero que chame a atenção do chefe de educação do país. Eu me pergunto se isso é um problema com o aumento da agressão em adolescentes, mas no final do dia não consigo imaginar o que faria um aluno e um professor entrarem em uma briga.

Leave a Reply